Fresagem Convencional – Fundamentos e Casos Práticos

0
7 meses atrás

Título
Fresagem Convencional – Fundamentos e Casos Práticos

Apresentação

A Fresagem representa um dos principais e mais utilizados processos de fabrico no setor da Metalomecânica, no modo convencional e CNC. A obtenção de peças e de componentes mecânicos baseada em processos de fabrico por arranque de apara, onde se inclui a Fresagem, representa muito da atividade do setor da Metalomecânica. Um profissional que trabalhe ou deseje vir a trabalhar neste setor tem que obrigatoriamente ser detentor de um conjunto de conhecimentos técnicos que esta obra procura disponibilizar.

Profusamente ilustrado, o livro oferece uma real possibilidade para uma aprendizagem segura e autónoma, já que todos os exercícios práticos se encontram totalmente resolvidos e ilustrados e todas as tarefas se encontram descritas de forma detalhada. Esta obra oferece ainda, para além do seu modo convencional de aprendizagem, o acesso do leitor ou formando a uma biblioteca de imagens 3D dinâmicas, que podem ser acedidas online a partir de um conjunto alargado de QR Codes.
Se num livro convencional as imagens têm um caracter bidimensional, neste pretende-se ir mais além, e oferecer a possibilidade de manipular dinamicamente grande parte das imagens apresentadas, tornando definitivamente este um verdadeiro e interativo livro 3D.

Aceda aqui a um exemplo de imagem 3D dinâmica.

Ao longo da obra são abordados os conceitos gerais de Fresagem, instrumentos de medida, casos práticos de Fresagem, trabalhos práticos propostos, tolerâncias e qualidades de fabrico.
Trata-se de um autêntico manual que serve os referenciais dos cursos de educação e de formação profissional do setor, nomeadamente os do CENFIM – Centro de Formação Profissional da Indústria Metalúrgica e Metalomecânica, e de outras Escolas Profissionais.

 

Autor

Américo Domingues
Formador do CENFIM – Centro de Formação Profissional da Indústria Metalúrgica e Metalomecânica – durante 30 anos, desenvolve atividade como profissional com larga experiência na área da maquinagem, nomeadamente a fresagem, pantografia, torneamento e retificação em diferentes tipos de indústria, como a de moldes, fundição injetada, fabrico de equipamentos, equipamento ferroviário e retificação de motores.

 

 

Índice

Prefácio
Introdução

1. Conceitos Gerais de Fresagem
1.1. Generalidades
1.2. Processos de fresagem
1.3. Fixação das ferramentas
1.4. Fixação das peças
1.5. Processos de divisão
1.6. Parâmetros de corte
1.7. Sequências de maquinagem

2. Instrumentos de Medida
2.1. Paquímetro
2.2. Micrómetro
2.3. Micrómetro de interiores
2.4. Micrómetro de profundidade
2.5. Micrómetro interior de três pontas
2.6. Paquímetro de engrenagens
2.7. Suta
2.8. Esquadro
2.9. Régua ou escala
2.10. Calibres
2.11. Relógio comparador
2.12. Escantilhão de raios
2.13. Escantilhão de roscas (ou conta fios)
2.14. Apalpa folgas
2.15. Graminho
2.16. Riscador

3. Casos Práticos Resolvidos
3.1. Desenhos de definição
3.1.1. Sistema de aperto
3.1.1.1. Fêmea T
3.1.1.2. Barra
3.1.1.3. Calço
3.1.1.4. Parafuso M12
3.1.2. Cavedal
3.1.3. Abertura dos dentes de uma roda dentada
3.1.4. Gaveta de molde
3.1.4.1. Gaveta
3.1.4.2. Régua

4. Trabalhos Práticos Propostos
4.1. Chumaceira
4.2. Batente de porta
4.3. Molde móvel com inserção
4.4. Retificador de mós

5. Tolerâncias e Qualidades de Fabrico
5.1. Conceitos geraiS
5.2. Tolerância dimensional
5.3. Desvios
5.4. Tolerância
5.5. Sistema de tolerâncias e ajustamentos ISO
5.6. Toleranciamento geral
5.7. Qualidades de fabrico e tolerâncias na furação e mandrilagem
5.8. Tolerâncias em elementos roscados
5.9. Toleranciamento geométrico

Índice de Figuras
Índice de Tabelas

Saiba mais em www.booki.pt

Aceda aqui às Imagens 3D Dinâmicas

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.